Serial Killers

10:22



Um assassinato em série ocorre quando um ou mais indivíduos (em muitos casos homens) cometem um segundo e/ou posterior assassinato; não existe em geral relação anterior entre a vítima e o agressor (se aquela existe coloca sempre a vítima em uma posição de inferioridade frente ao assassino); os assassinatos posteriores ocorrem em diferentes momentos e não têm relação aparente com o assassinato inicial e costumam ser cometidos em uma localização geográfica distinta. Ademais, o motivo do crime não é o lucro, mas, sim, o desejo do assassino de exercer controle ou dominação sobre suas vítimas. Estas últimas podem ter valor simbólico para o assassino e/ou ser carentes de valor e, na maioria dos casos, não podem defender-se e avisar a terceiros de sua situação de impossibilidade de defesa; ou são vistas como impotentes, dada sua situação nesse momento, o local e a posição social que detenham dentro de seu entorno, como, por exemplo, no caso de vagabundos, prostitutas, trabalhadores imigrantes, homossexuais, crianças desaparecidas, mulheres que saíram desacompanhadas de casa, velhas, universitárias e paciente de hospital.





                                                            Gary Ridgway

                                                     Theodore Robert Bundy

                                                 Andrei Romanovich Chikatilo
                                                     Jeffrey Lionel Dahmer
                                                     John Wayne Gacy Jr
                                                    Edward Theodore Gein






capa_serial-killer_Made-in-Brazil DarkSide® Books reabre os arquivos da maior especialista em serial killers do Brasil e publica a edição definitiva de dois best-sellers de Ilana Casoy – Serial Killers: Louco ou Cruel? e Serial Killers: Made in Brazil
Tudo para atender aos nossos exigentes leitores e para deixar a edição à altura da nossa primeira autora nacional. Ilana Casoy é autoridade no que diz respeito a mentes criminosas e resolução de crimes no Brasil.
Após o sucesso do seu primeiro livro, Serial Killers: Louco ou Cruel?, Ilana Casoy dedicou-se a uma pesquisa rigorosa para investigar os serial killers brasileiros, no que viria a ser o primeiro livro do gênero dedicado aos assassinos em série do Brasil. Foram cinco anos de pesquisas, visitas a arquivos públicos, manicômios e penitenciárias, além de entrevistas cara a cara com personificações do mal em terras tupiniquins, para compor um inquietante roteiro com rigor investigativo de como, por quê e com que métodos os serial killers brasileiros atuam.

capa_serial-killer_Louco-ou-cruel  A DarkSide® Books reabre os arquivos da maior especialista em serial killers do Brasil e publica a edição definitiva de dois best-sellers de Ilana Casoy – Serial Killers: Louco ou Cruel? e Serial Killers: Made in Brazil
Tudo para atender aos nossos exigentes leitores e para deixar a edição à altura da nossa primeira autora nacional. Ilana Casoy é autoridade no que diz respeito a mentes criminosas e resolução de crimes no Brasil. Para escrever seu primeiro livro, a escritora mergulhou em arquivos da polícia e da Justiça, do FBI e da Scotland Yard, além de ter feito extensas pesquisas em livros e artigos de jornais e revistas para compor um inquietante roteiro de como, por que razão e com que métodos os serial killers agem. Perturbador e por muitas vezes comovente, o relato de Casoy, escrito depois de rigorosa pesquisa em diversas fontes, nos apresenta histórias que nem a ficção e o cinema conseguiram imaginar.


Psicose_brochura Psicose, o clássico de Robert Bloch, foi publicado originalmente em 1959, livremente inspirado no caso do assassino de Wisconsin, Ed Gein. O protagonista Norman Bates, assim como Gein, era um assassino solitário que vivia em uma localidade rural isolada, teve uma mãe dominadora, construiu um santuário para ela em um quarto e se vestia com roupas femininas.
O livro teve dois lançamentos no Brasil, em 1959 e 1964. São, portanto, quase 50 anos sem uma edição no país, sem que a maioria das novas gerações pudesse ler a obra original que Hitchcock adaptou para o cinema em 1960. A DarkSide orgulhosamente tem o prazer de reparar este lapso, em julho de 2013, com o lançamento de Psicose em versões brochura (classic edition) e capa dura, limited edition que incluirá um caderno especial com imagens do clássico de Hitchcock.
Uma história curiosa envolvendo o livro é que Alfred Hitchcock adquiriu anonimamente os direitos de Psycho e depois comprou todas as cópias do livro disponíveis no mercado para que ninguém o lesse e, consequentemente, ele conseguisse manter a surpresa do final da obra.
serial_killers   Serial Killers, Anatomia do mal - O dossiê definitivo sobre assassinos em série
O que faz  gente aparentemente normal começar a matar e não parar mais? O que move – e o que pode deter – assassinos em série como Ed Gein, o psicopata americano que inspirou os mais célebres maníacos do cinema, como Norman Bates (Psicose, de Alfred Hitchcok), Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica, de Tobe Hooper) e Hannibal Lecter (O Silêncio dos Inocentes, de Jonathan Demme). Como explicar a compulsão por  matar e  o prazer de causar dor, sem qualquer arrependimento? De onde vem tanta fúria?
As respostas estão no novo lançamento da editora DarkSide Books: Serial Killers, Anatomia do Mal, dossiê definitivo sobre o universo sombrio dos psicopatas mais perversos da história. Escrito por Harold Schechter – que pesquisa o tema há mais de três décadas e já publicou, inclusive, a biografia de Ed Gein, Deviant (1998) -, o livro é referência fundamental a todos os que se interessam pelo universo da investigação e da criminologia.


You Might Also Like

30 comentários

  1. OI Beatriz, tudo bem? Esse foi o primeiro post que eu li nesse tema, e apesar de não curtir muito o gênero confesso qu achei o post muito dinâmico e informativo. Parabéns.
    http://www.facesemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beatriz, tudo e você?

      É bem interessante ne, também nunca vi nada sobre isso em lugar nenhum. também não curto o gênero, mais quem sabe um dia dou uma oportunidade. Obrigada

      BEIJOS

      Excluir
  2. Sou doido para ler livros de serial killer, imagina estar na mente ou conhecer a vida deles... Assim poderemos compreender o motivo de fazerem isso.

    Demais sua postagem.
    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcio
      Acho esse tema é mais abortado por homens, sim realmente, cara tu falou tudo, nunca li nada sobre por achar muito pesado mais quem sabe um dia eu pegue um livro e leia.

      Obrigada
      beijos

      Excluir
  3. Oi Beatriz, achei muito interessante essa postagem, apesar de ser um tema que nem muitos abordam por ser um psicopata. Amei sua postagem
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayara.
      Que bom que gostou, sim nem todos abortam por ser um tema bem pesado. Muuito Obrigada

      Beijos

      Excluir
  4. Oii, tudo bem?

    Adorei o post, apesar de não ler muito nada voltado ao gênero :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi tudo e você?

      Obrigada, também nunca li nada no gênero por achar muito pesado.

      Beijos

      Excluir
  5. Olá.
    Que post mais rico em informações! Aprendi muito aqui.
    Gostei das indicações de livros e já anotei todos.
    Abraços.

    Papel, palavra, coração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria,
      Obrigada, que bom que aprendeu aqui. Tambem não sabia nada sobre o tema.

      Beijos

      Excluir
  6. Confesso que não faz meu gênero, mas gostei da forma como explicou o assunto é tenho que dizer que já assisti The Fall, apesar de não conseguir ir até o fim mesmo querendo muito por conta do Jamie Dornan.
    Adorei a listagem, parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Karine

      Obrigada, Confesso que também não faz o meu, mais achei um tema legal para se falar nesse mês de outubro.

      Beijos

      Excluir
  7. Olá,
    Embora não curta muito o gênero, adorei o post por trazer uma visão de livros e séries que abordem o tema serial killers.
    Confesso que sou doida para assistir Dexter, pois a premissa é bem interessante.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michele

      Obrigada, falaram pra mim que Dexter é muito bom, também não sou muito fã do tema por ser muito pesado.

      Beijos

      Excluir
  8. Olá, Beatriz! Não curto muito o gênero dos livros, mas gostei do seu post! Tenho certeza que serão uma boa indicações para os leitores que são fãs deste estilo de leitura!

    Beijos,
    Yohana Sanfer
    http://www.papelpalavracoracao.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Yohana.

      Tambem não sou fã desse tipo de leitura acho muito pesado, mais achei interessante ter uma postagem sobre isso.

      Beijos

      Excluir
  9. Oie, eu já li o livro da ilana e é realmente uma especialista em serials, e achei bem interessante conhecer mais a fundo sobre esses nomes que eu tanto ouvia falar e não conhecia ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito interessante mesmo, não so por serem Serial Killers mais porque passaram por traumas sei que eles são assim e tudo mais. Mais por dentro de uma historia muito sombria

      Beijos

      Excluir
  10. Amo a definição de serial killers, não que eu seja um.rs. a DarkSide consegue trazer em seus livros serial killers otimos e faz isso com maestria. Foi bom esse espaço aqui no blog >)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O incrível é que eles conseguem se parecer normal diante da sociedade, mais quando o lado psicopata ativa, você bem imagina que é a pessoa mais próxima de você.

      Beijos

      Excluir
  11. Oie
    que tema sensacional, meu deus hahah eu to louca para ver Bates Motel, Dexter e Scream e os livros quero tudo sobre psicopatas, eu amo esse assunto ate pq faço psico hehe

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catharina, eu assistir alguns capítulos de Bates Motel. Realmente achei a historia bem interessante.

      Beijos
      Biblioteca Desajeitada

      Excluir
  12. Oiii!!
    Parabéns pelo post! Achei super interessante. Eu não gosto muito de ler, ou ver filmes sobre serial killers, mas as vezes vc mesmo sem saber, começa a ver um filme que tem um. Meu namorado é super fã de Dexter, ele tem todos os livros, viu a série, enfim rs ele gosta muito.
    Já como eu sou medrosa, já não curto muito.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cris,
      Obrigada! É bem interessante mesmo quero muito saber mais sobre isso , também nunca li nada sobre, mais já assisti uns capítulos de Bates Motel, tambem sou medrosa nem liga KKK

      Beijos

      Excluir
  13. Eu não acompanho séries, mas dos livros citados eu já li o Box da Ilana Casoy e Psicose e gosto de todos.
    Gosto da temática, é meio sinistro ficar "por dentro" da mente deles.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?
    Achei seu post bem válido, útil e organizado. Eu adoro seriais killers, ou melhor, de ler e assistir coisas sobre eles, mas sempre no tema suspense, pois terror não assisto mesmo, morro de medo. Confesso que fiquei bem curiosa com os livros citados.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta, tudo sim e você?
      Que bom que gostou. Quero muito assistir Dexter mais acho que não tenho coragem.

      Beijos

      Excluir
  15. Oi!!
    Amei o post, minha nossa tudo que se relaciona com Serial Killers chama a minha atenção, amo as séries, filmes e livros.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  16. Essa temática! Ainda não li nenhum livro sobre -- fico mais nos filmes --, mas quando quiser procurar por, a DarkSide vai ser a minha saída mesmo. Eta editora que arrasa, essa <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a Darkside arrasa em questão de livros de terror.

      Excluir